medicine

Secnidal

Laboratório: Sanofi-Aventis

Princípio ativo: Secnidazol

Forma Farmacêutica

 

Aerossol doseado com bocal para 200 doses.
Acompanha espaçador JET®

Composição

 

Cada dose contém:
Salbutamol micronizado..........................................................................................100 mcg
Excipientes: trioleato de sorbitana, lecitina de soja, triclorofluorometano, diclorodifluorometano.Cada dose contém:
Salbutamol micronizado..........................................................................................100 mcg
Excipientes: trioleato de sorbitana, lecitina de soja, triclorofluorometano, diclorodifluorometano.

Indicações (ao Paciente)

Broncodilatador.

Reações Adversas

 

Ocasionalmente podem ocorrer náusea e cefaléia após a utilização do salbutamol aerossol ou por via oral. Em raros casos foi descrito o aparecimento de taquicardia e discreto tremor passageiro nas mãos. Este último efeito, observado após a administração oral, foi mais acentuado com doses de 4 a 5 mg do que após a ingestão de 2mg.
Não foram relatados efeitos colaterais significativos associados ao tratamento com o Aerojet®nas doses indicadas.
Em casos de superdosagem com Aerojet® deve ser utilizado um beta-bloqueador cárdio-seletivo com a cautela necessária em pacientes com broncoespasmo.
Nos estudos clínicos não foram ainda estabelecidos os limites e o significado clínico de interações medicamentosas com outras substâncias.

Informações Técnicas (ao Médico)

 

O salbutamol, princípio ativo do Aerojet®, exerce ação farmacológica seletiva sobre os receptores beta 2, proporcionando broncodilatação. Por outro lado, não causa os habituais efeitos cardiovasculares indesejáveis comuns a outros brocodilatadores.
Como o salbutamol possui ação seletiva sobre os brônquios sem influir no aparelho cardiovascular, praticamente não apresenta limitações de uso para cardiopatas e hipertensos.
O salbutamol é metabolizado no fígado e excretado pela urina, sob forma de um metabólito inativo.
Embora o salbutamol sob outras formas farmacêuticas seja utilizado como inibidor do trabalho de parto prematuro, a forma aerossol só é indicada como broncodilatador.O salbutamol, princípio ativo do Aerojet®, exerce ação farmacológica seletiva sobre os receptores beta 2, proporcionando broncodilatação. Por outro lado, não causa os habituais efeitos cardiovasculares indesejáveis comuns a outros brocodilatadores.
Como o salbutamol possui ação seletiva sobre os brônquios sem influir no aparelho cardiovascular, praticamente não apresenta limitações de uso para cardiopatas e hipertensos.
O salbutamol é metabolizado no fígado e excretado pela urina, sob forma de um metabólito inativo.
Embora o salbutamol sob outras formas farmacêuticas seja utilizado como inibidor do trabalho de parto prematuro, a forma aerossol só é indicada como broncodilatador.O salbutamol, princípio ativo do Aerojet®, exerce ação farmacológica seletiva sobre os receptores beta 2, proporcionando broncodilatação. Por outro lado, não causa os habituais efeitos cardiovasculares indesejáveis comuns a outros brocodilatadores.
Como o salbutamol possui ação seletiva sobre os brônquios sem influir no aparelho cardiovascular, praticamente não apresenta limitações de uso para cardiopatas e hipertensos.
O salbutamol é metabolizado no fígado e excretado pela urina, sob forma de um metabólito inativo.
Embora o salbutamol sob outras formas farmacêuticas seja utilizado como inibidor do trabalho de parto prematuro, a forma aerossol só é indicada como broncodilatador.O salbutamol, princípio ativo do Aerojet®, exerce ação farmacológica seletiva sobre os receptores beta 2, proporcionando broncodilatação. Por outro lado, não causa os habituais efeitos cardiovasculares indesejáveis comuns a outros brocodilatadores.
Como o salbutamol possui ação seletiva sobre os brônquios sem influir no aparelho cardiovascular, praticamente não apresenta limitações de uso para cardiopatas e hipertensos.
O salbutamol é metabolizado no fígado e excretado pela urina, sob forma de um metabólito inativo.
Embora o salbutamol sob outras formas farmacêuticas seja utilizado como inibidor do trabalho de parto prematuro, a forma aerossol só é indicada como broncodilatador.O salbutamol, princípio ativo do Aerojet®, exerce ação farmacológica seletiva sobre os receptores beta 2, proporcionando broncodilatação. Por outro lado, não causa os habituais efeitos cardiovasculares indesejáveis comuns a outros brocodilatadores.
Como o salbutamol possui ação seletiva sobre os brônquios sem influir no aparelho cardiovascular, praticamente não apresenta limitações de uso para cardiopatas e hipertensos.
O salbutamol é metabolizado no fígado e excretado pela urina, sob forma de um metabólito inativo.
Embora o salbutamol sob outras formas farmacêuticas seja utilizado como inibidor do trabalho de parto prematuro, a forma aerossol só é indicada como broncodilatador.O salbutamol, princípio ativo do Aerojet®, exerce ação farmacológica seletiva sobre os receptores beta 2, proporcionando broncodilatação. Por outro lado, não causa os habituais efeitos cardiovasculares indesejáveis comuns a outros brocodilatadores.
Como o salbutamol possui ação seletiva sobre os brônquios sem influir no aparelho cardiovascular, praticamente não apresenta limitações de uso para cardiopatas e hipertensos.
O salbutamol é metabolizado no fígado e excretado pela urina, sob forma de um metabólito inativo.
Embora o salbutamol sob outras formas farmacêuticas seja utilizado como inibidor do trabalho de parto prematuro, a forma aerossol só é indicada como broncodilatador.O salbutamol, princípio ativo do Aerojet®, exerce ação farmacológica seletiva sobre os receptores beta 2, proporcionando broncodilatação. Por outro lado, não causa os habituais efeitos cardiovasculares indesejáveis comuns a outros brocodilatadores.
Como o salbutamol possui ação seletiva sobre os brônquios sem influir no aparelho cardiovascular, praticamente não apresenta limitações de uso para cardiopatas e hipertensos.
O salbutamol é metabolizado no fígado e excretado pela urina, sob forma de um metabólito inativo.
Embora o salbutamol sob outras formas farmacêuticas seja utilizado como inibidor do trabalho de parto prematuro, a forma aerossol só é indicada como broncodilatador.

Contra-Indicações

O salbutamol não deve ser empregado na vigência de abortamento iminente, durante o primeiro e segundo trimestre da gravidez.

Posologia

 

Adultos: Uma a duas inalações em dose única ou, se necessário, a cada quatro horas para o alívio das crises de asma ou de broncoespasmo. Para o tratamento de manutenção ou profilaxia 2 inalações 3 a 4 vezes ao dia.
Crianças: Visto que a utilização de medicamentos sob a forma de aerossol apresenta certas dificuldades de natureza aerodinâmica, como a retenção da respiração após expiração completa e inspiração profunda, tornam-se necessários certos cuidados com pacientes de tenra idade.
O uso do medicamento em crianças acima de 7 anos não apresenta qualquer dificuldade.
Nesses casos, emprega-se uma dose, repetindo, se necessário, de 4/4 horas.
Para o tratamento de manutenção ou profilaxia 1 dose, 3 a 4 vezes ao dia.Posologia:
Adultos: Uma a duas inalações em dose única ou, se necessário, a cada quatro horas para o alívio das crises de asma ou de broncoespasmo. Para o tratamento de manutenção ou profilaxia 2 inalações 3 a 4 vezes ao dia.
Crianças: Visto que a utilização de medicamentos sob a forma de aerossol apresenta certas dificuldades de natureza aerodinâmica, como a retenção da respiração após expiração completa e inspiração profunda, tornam-se necessários certos cuidados com pacientes de tenra idade.
O uso do medicamento em crianças acima de 7 anos não apresenta qualquer dificuldade.
Nesses casos, emprega-se uma dose, repetindo, se necessário, de 4/4 horas.
Para o tratamento de manutenção ou profilaxia 1 dose, 3 a 4 vezes ao dia.

Interações Medicamentosas

Salbutamol e fármacos betabloqueadores não seletivos, como propranolol, não devem ser administrados concomitantemente.

Superdosagem

 

Em casos de superdosagem com Aerojet® deve ser utilizado um beta-bloqueador cárdio-seletivo com a cautela necessária em pacientes com broncoespasmo.
Nos estudos clínicos não foram ainda estabelecidos os limites e o significado clínico de interações medicamentosas com outras substâncias.Em casos de superdosagem com Aerojet® deve ser utilizado um beta-bloqueador cárdio-seletivo com a cautela necessária em pacientes com broncoespasmo.
Nos estudos clínicos não foram ainda estabelecidos os limites e o significado clínico de interações medicamentosas com outras substâncias.Em casos de superdosagem com Aerojet® deve ser utilizado um beta-bloqueador cárdio-seletivo com a cautela necessária em pacientes com broncoespasmo.
Nos estudos clínicos não foram ainda estabelecidos os limites e o significado clínico de interações medicamentosas com outras substâncias.