medicine

Famox

Laboratório: Aché

Princípio ativo: Famotidina

Bula

Famox BU08
MODELO DE BULA
IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO:
FAMOX
famotidina
Comprimidos de 20 mg:
embalagem com 10 comprimidos.
Comprimidos de 40 mg:
embalagem com 10 comprimidos.
USO ADULTO
USO ORAL
Composições completas:
Cada comprimido 20 mg contém:
famotidina ..... ........................................................................................................... 20 mg
Excipientes:
amido, celulose microcristalina, estearato de magnésio, amidoglicolato de sódio,
corante amarelo FD&C nº. 5 laca de alumínio, dióxido de silício, fosfato de cálcio dibásico
diidratado, manitol e talco.
Cada comprimido 40 mg contém:
famotidina ................................................................................................................. 40 mg
Excipientes:
amido, celulose microcristalina, estearato de magnésio, amidoglicolato de sódio,
corante amarelo FD&C nº. 6 laca de alumínio, dióxido de silício, fosfato de cálcio dibásico
diidratado
e manitol.
INFORMAÇÃO AO PACIENTE:
FAMOX inibe a secreção do ácido e pepsina do estômago, reduzindo as sensações de
ardência e dor epigástrica. Assim como ocorre ocasionalmente com outros medicamentos de
ação similar o alívio pode não ser imediato. O desaparecimento dos sintomas nem sempre
significa cura, a qual ocorre, geralmente após semanas de tratamento.
FAMOX quando conservado em temperatura ambiente (temperatura entre 15 e 30ºC) e ao
abrigo da luz e umidade, apresenta uma validade de 24 meses a contar da data de sua
fabricação. NUNCA USE MEDICAMENTO COM O PRAZO DE VALIDADE VENCIDO. ALÉM
DE NÃO OBTER O EFEITO DESEJADO, PODE PREJUDICAR A SUA SAÚDE.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu
término. Informar ao médico se está amamentando.
Famox BU08
Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do
tratamento.
FAMOX deve ser administrado diariamente, prolongando-se o tratamento por várias
semanas. Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. São raras as ocorrências de
reações adversas, tais como: diarréia, dor de cabeça e/ou cansaço.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS
FAMOX 20 mg contém o corante amarelo de TARTRAZINA que pode causar reações de
natureza alérgica, entre as quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgicas
ao ácido acetilsalicílico.
FAMOX é contra-indicado em pacientes que apresentem hipersensibilidade a quaisquer dos
componentes de sua fórmula.
Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou
durante o tratamento.
Não deve ser utilizado durante a gravidez e a lactação.
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER
PERIGOSO PARA A SAÚDE.
INFORMAÇÃO TÉCNICA:
A famotidina é um antagonista dos receptores H2 de histamina de longa duração e alta
eficácia na inibição da secreção gástrica. A famotidina reduz o conteúdo de ácido e pepsina,
assim como o volume de secreção gástrica basal ou estimulada e é altamente eficaz no
tratamento da úlcera duodenal.
A famotidina não é absorvida completamente no TGI quando administrada por via oral. Sua
biodisponibilidade é de 40-50%. A inibição da secreção do ácido gástrico ocorre 1 hora após
a administração oral. O pico da inibição ocorre entre 1 a 4 horas após a administração oral. A
duração da inibição da secreção do ácido gástrico e a inibição máxima produzida pela
famotidina é dose dependente. A duração da inibição basal e da secreção noturna, após
administração oral de uma única dose, é de 10 a 12 horas. A inibição da secreção estimulada
por alimentos geralmente persiste por 8-10 horas quando administrada pela manhã, porém
esta inibição é dissipada com 6-8 horas após a administração oral de 20 mg.
Após administração oral, a famotidina é bem distribuída, aparecendo em altas concentrações
nos rins, fígado, pâncreas e glândula submandibular.
A famotidina encontra-se entre 15-20 % ligada a proteínas. A eliminação da famotidina
ocorre entre 2,5-4 horas em adultos com função renal normal.
A famotidina é metabolizada no fígado e excretada principalmente na urina, via filtração
glomerular e secreção tubular. Aproximadamente 25-30% da dose é excretada nas primeiras
24 horas e 13-49% em até 72 horas. A famotidina não é removida por hemodiálise.
Famox BU08
Indicações:
É indicado para úlcera duodenal e gástrica benigna e prevenção de recidivas de ulceração
duodenal. Condições de hipersecreção, tais como esofagite de refluxo, gastrite e síndrome
de Zollinger-Ellison.
Contra-indicações:
FAMOX É CONTRA-INDICADO EM PACIENTES QUE APRESENTEM
HIPERSENSIBILIDADE A QUAISQUER DOS COMPONENTES DE SUA FÓRMULA.
FAMOX É CONTRA-INDICADO DURANTE A GRAVIDEZ E A LACTAÇÃO.
Precauções:
A MALIGNIDADE GÁSTRICA DEVE SER EXCLUÍDA ANTES DO INÍCIO DA TERAPIA DE
ÚLCERA GÁSTRICA COM FAMOX. A RESPOSTA SINTOMÁTICA À TERAPIA COM
FAMOX PARA ÚLCERA GÁSTRICA, NÃO EXCLUI A PRESENÇA DE MALIGNIDADE
GÁSTRICA.
COMO FAMOX É PARCIALMENTE METABOLIZADO NO FÍGADO E EXCRETADO
PRIMARIAMENTE PELOS RINS, DEVE-SE TER CAUTELA NA ADMINISTRAÇÃO DO
FAMOX A PACIENTES COM DISFUNÇÃO HEPÁTICA OU RENAL.
A REDUÇÃO DA POSOLOGIA DEVE SER CONSIDERADA, SE A DEPURAÇÃO DE
CREATININA FOR MENOR QUE 30 ML/MIN.
NÃO FOI OBSERVADO QUALQUER AUMENTO NA INCIDÊNCIA OU MUDANÇA NO TIPO
DE REAÇÕES ADVERSAS NOS PACIENTES IDOSOS. NÃO É NECESSÁRIO ALTERAR A
POSOLOGIA COM BASE APENAS NA IDADE.
A SEGURANÇA E EFICÁCIA EM CRIANÇAS AINDA NÃO FORAM ESTABELECIDAS.
Advertências:
FAMOX 20 mg contém o corante amarelo de TARTRAZINA que pode causar reações de
natureza alérgica, entre as quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgicas
ao ácido acetilsalicílico.
Interações medicamentosas:
FAMOX não interage com o sistema enzimático de metabolismo de drogas ligado ao
citocromo P-450; portanto, espera-se que drogas como varfarina, propranolol, teofilina e
diazepam, que são metabolizadas através desse sistema, não interajam com FAMOX.
FAMOX aumenta o pH gástrico e pode, através deste mecanismo, diminuir a absorção de
algumas drogas, tais como: cefpodoxima, domperidona, itraconazol e cetoconazol e/ou
melfalano.
Famox BU08
FAMOX não tem sua farmacocinética significativamente alterada, se administrado
concomitantemente com nifedipina, fenitoína e/ou varfarina.
A concentração sérica de FAMOX pode ser aumentada, se administrado concomitantemente
com probenecida.
A famotidina pode aumentar a concentração plasmática de pentoxifilina, por aumentar o pH
gástrico.
O metabolismo de teofilina pode ser reduzido pela famotidina.
Reações adversas:
FAMOX É DE UM MODO GERAL BEM TOLERADO. RARAMENTE, FORAM RELATADAS
DIARRÉIAS, CEFALÉIA, TONTURAS E CONSTIPAÇÃO. OUTRAS REAÇÕES ADVERSAS,
AINDA MENOS FREQUENTEMENTE RELATADAS, INCLUÍRAM BOCA SECA, NÁUSEAS
E/OU VÔMITOS, EXANTEMA, DESCONFORTO OU DISTENSÃO ABDOMINAL, ANOREXIA
E/OU FADIGA.
OUTRAS REAÇÕES ADVERSAS QUE PODERÃO OCORRER:
EFEITOS DERMATOLÓGICOS: "RASH" CUTÂNEO E/OU URTICÁRIA FORAM
RARAMENTE RELATADOS.
EFEITOS NEUROLÓGICOS: CEFALÉIA E/OU ANSIEDADE.
EFEITOS CARDIOVASCULARES: PALPITAÇÕES, BRADICARDIA E/OU
BRADIARRITMIAS.
EFEITOS HEMATOLÓGICOS RAROS: NEUTROPENIA E/OU TROMBOCITOPENIA.
EFEITOS ENDOCRINOLÓGICOS: HIPERPROLACTINEMIA E/OU GALACTORRÉIA.
OUTROS EFEITOS: ELEVAÇÕES DE BILIRRUBINAS E FOSFATASE ALCALINA,
HEPATOMEGALIA E/OU ICTERÍCIA COLESTÁTICA.
Posologia:
Úlcera duodenal
Terapia inicial
A dose recomendada de FAMOX é de 1 comprimido de 40 mg/dia, ao deitar.
A duração do tratamento é de 4 a 8 semanas, podendo ser abreviada se a endoscopia
revelar que a úlcera foi curada.
Na maioria dos casos de úlcera duodenal, a cura ocorre dentro de 4 semanas, com este
regime posológico. Nos casos em que a cura completa não se verifica após 4 semanas, o
tratamento deve ser continuado por um período adicional de 4 semanas.
Terapia de manutenção
Para prevenção da recorrência da ulceração duodenal, recomenda-se que a terapia com
FAMOX seja mantida com um comprimido de 20 mg/dia, ao deitar por um período
determinado a critério médico.
Famox BU08
Úlcera gástrica benigna
A dose recomendada de FAMOX é de um comprimido de 40 mg/dia, ao deitar.
A duração do tratamento é de 4 a 8 semanas, podendo ser abreviada se a endoscopia
revelar que a úlcera foi curada.
Síndrome de Zollinger-Ellison
Pacientes, sem terapia anti-secretória anterior, devem ser tratados, inicialmente, com uma
dose de 20 mg, a cada 6 horas. A posologia deve ser ajustada às necessidades individuais
do paciente e deve ser mantida enquanto houver indicação clínica. Doses de até 800 mg/dia
têm sido usadas, por até 1 ano, sem o desenvolvimento de reações adversas significativas
ou taquifilaxia.
Os pacientes que estavam recebendo outro antagonista H2 podem passar diretamente para
o uso de FAMOX com uma dose inicial mais alta do que aquela recomendada para casos
novos; esta dose inicial dependerá da gravidade da condição e da última dose de antagonista
H2, previamente utilizada.
Ajuste posológico para pacientes com insuficiência renal grave
Nestes pacientes (depuração de creatinina abaixo de 30 ml/min) a dose de FAMOX deve ser
reduzida para 20 mg, ao deitar.
Conduta na superdosagem:
Não há experiência, até o momento, com superdosagem. Devem ser empregadas as
medidas habituais para remoção do material não-absorvido do tratamento gastrintestinal,
monitorização clínica e medidas de suporte.
Pacientes idosos:
As mesmas orientações dadas aos adultos devem ser seguidas aos pacientes idosos,
observando-se as recomendações específicas para grupos de pacientes descritos nos itens
"Precauções e Advertências" e "Contra-indicações".
MS – 1.0573.0144
Farmacêutico Responsável: Dr. Wilson R. Farias CRF-SP n
°
. 9555
Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.
Via Dutra, km 222,2
Guarulhos - SP
CNPJ 60.659.463/0001-91
Indústria Brasileira
Famox BU08
Logo CAC
Número de lote, data de fabricação e prazo de validade: vide embalagem externa
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA